quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Tenho de confessar que não é fácil admitir que quero mudar a minha maneira de estar com as pessoas e principalmente a imagem que represento de mim... Sinto revoluções dentro de mim que chegam a assustar-me, sensações que remetem a caminhos que exigem coragem que ainda não adquiri. Sei que está na altura de mostrar o meu outro lado que ainda ninguém conheceu mas o medo de poder perder muitas das pessoas que amo deixa-me aterrorizada... Talvez esteja na altura de fazer o meu próprio caminho sem ter que estar sempre acorrentada às ideias e hierarquias que sustentam a minha actual vida. Há muito mais que lutar, expressar e tentar equilibrar com consequências que ficaram de lembrança das nossas atitudes ou acções. Com o passar do tempo a desmotivação de sonhar é cada vez maior e eu não quero nem posso deixar esmorecer a razão de continuar estar a viver quando esta é a minha opção de todos os dias e tenho de fazer valer a pena de que nem tudo o que tenta "atrasar-me" vai vencer a guerra que travo comigo mesma!

5 comentários:

Carina Sofia Salgado disse...

Achaste mesmo fofinha? :))

Raymara Oliveira disse...

Venho por meio deste comentário agradecer por fazer parte do Diário da Filha do Meio. Hoje, resolvi parar de escrever no blog, mas sentirei bastante saudade.
Que Deus te proteja !

Beijos

Carina Sofia Salgado disse...

Quando se ama alguém de verdade, somos capaz de tudo *,*

Perereca disse...

sigo. sou nova no blog e espero que gostes do que vá publicar :)

Perereca disse...

Obrigada, fostes mesmo querida :))