terça-feira, 31 de julho de 2012

«Se não queres que o passado continue a atormentar-te, muda o teu presente para que no futuro tenhas um passado no qual te orgulhes!»
Já faz parte a presença da sombra do passado a perseguir-nos sempre com o mesmo destino, tempo, maneira e pressa como nós. Não faz sentido tentar esconder o que já fizemos ou o que já fomos porque, de alguma maneira, foi isso que nos transformou no que somos actualmente. 
A iniciação da tarefa de mudar o nosso dia-a-dia torna-se complicada conforme o tempo passa pois nada está ao nosso verdadeiro alcance, por vezes, é necessário recorrer a outras pessoas ou a outros lugares... O desejo pode ser grande mas a força tem que ultrapassar essa fronteira para que haja uma concretização da mudança do nosso presente. A desistência também faz parte deste processo, aliás tudo começa por desistirmos de ser quem éramos e renovar o nosso interior com novas experiências, pessoas, ambientes e sonhos. Pode ser estúpido estar a "despejar" estas palavras que não parecem ter sentido algum, mas na realidade o tempo passa e, ao fim de algum desse tempo todos têm necessidade de sentirem de novo aquela sensação de começar tudo do zero.  





4 comentários:

Rita disse...

gostei do texto :)

Carina Sofia Salgado disse...

é muito bom te-lo de volta, muito mesmo :))
e adorei o texto _b

Carina Sofia Salgado disse...

não sejas parvinha, não tens que agradecer de nada :))

Carina Sofia Salgado disse...

a sério? então? :o