domingo, 4 de março de 2012

Todas as frases começam com o mesmo silêncio incompreendido.
Talvez seja de mim ou do mundo que me rodeia, o sentimento constante de luta para ser diferente mas no fundo sou mais uma de tantas que luta pelo mesmo fim. Deito-me muitas vezes no meio das minhas dúvidas constantes se aquilo que estou a fazer é o mais correcto ou até mesmo se é o melhor para mim e para os outros. Não consigo abstrair-me destes conflitos interiores, destas questões constantes. Talvez seja das minhas más experiências que fizeram com que ficasse com uma compreensão inadequada ou mais a leste da realidade.  
Pergunto-me se serei a única a preocupar-me nestas questões que por vezes considero-as inúteis, não por não ter respostas satisfatórias mas sim pelo tempo gasto sem recompensa. 
Não é querer ser perfeita mas sim uma pessoa melhor.

8 comentários:

dianadíaz ! disse...

acredita, és mesmo complicado :X

martasousa disse...

obrigada :)

Renata disse...

Muito muito obrigada Sara e fico contente por saber que gostaste ;)

Renata disse...

Vou continuar concerteza. fico feliz por saber que gostas*

martasousa disse...

somos fantásticas :)

martasousa disse...

mesmo.

Renata disse...

Isso só me dá ainda mais prazer em escrever*

Renata disse...

:)