sábado, 24 de março de 2012


O mundo gira de uma maneira incontrolável juntamente com a minha vida. Espero que tudo se acalme e finalmente olhemos um para o outro sem raiva nem rancor pelos erros cometidos. Talvez a esperança seja a nossa única aliada neste momento da nossa vida. Cada vez mais sinto saudades tuas, dos teus abraços, da tua voz, das nossas mãos dadas mas acima de tudo da nossa cumplicidade, que só nós compreendíamos. Não quero ser chata nem aborrecer-te mas não aguento mais esta ansiedade de voltar a estar ao teu lado, ouvir os teus problemas, as tuas aventuras, conquistas e desabafos que não revelavas a mais ninguém.
Hoje decidi lutar mas lutar mesmo contra a distância e contra o tempo que nos separa...

2 comentários:

martasousa disse...

ainda bem :)

dianadíaz ! disse...

claro, com o tempo vamos ao sítio ;)
lindo!