quinta-feira, 22 de dezembro de 2011


Obrigado racionalidade por fazeres com que eu consiga controlar a intensidade do meu sofrimento.

Sem comentários: