segunda-feira, 5 de setembro de 2011
























                       Um dia quando não conseguir exprimir o que realmente sinto no papel soltarei um grito de desespero de uma alma reprimida pelas palavras.